Amei-te sem saberes – Mia Couto

Amei-te sem Saberes
No avesso das palavras
na contrária face
da minha solidão
eu te amei
e acariciei
o teu imperceptível crescer
como carne da lua
nos nocturnos lábios entreabertos
E amei-te sem saberes
amei-te sem o saber
amando de te procurar
amando de te inventar
No contorno do fogo
desenhei o teu rosto
e para te reconhecer
mudei de corpo
troquei de noites
juntei crepúsculo e alvorada
Para me acostumar
à tua intermitente ausência
ensinei às timbilas
a espera do silêncio

Mia Couto


be2_pt_300x250_BR_FB_Casar_211773

Deixa uma resposta

Saiba todas as informações para se inscrever num site de encontros online grátisEncontrar o amor!

Send this to friend